4º livro do ano


Fevereiro/2013
O cortador de pedras, Camilla Lackberg 

A autora sueca até então era desconhecida para mim, mas a leitura da sinopse do livro me chamou a atenção e, como fã de romances policiais, eu não poderia deixar de experimentar esta novidade. É bom porque acrescenta coisas que só a leitura  pode fazer, como aprender costumes e hábitos de outros países (no caso, a Suécia) que desconhecemos. E eu costumo dizer que aprender não ocupa espaço...
O corpo de uma criança achado na rede de um pescador é o mote inicial deste livro.
O desenvolver da história tem idas e vindas: vamos ao passado mas sem compreender inicialmente qual é a sua ligação com o presente. A história se desenvolve bem, mas é necessário um pouco mais de atenção aos nomes dos personagens, estranhos para a nossa ortografia: acentos onde não estamos habituados, consoantes mudas em meio às palavras... enfim, isso foi novidade para mim...
O detetive que vai investigar a morte da criança acabou de tornar-se pai, o que acrescenta um drama ainda maior ao ocorrido. A esposa está sofrendo para se adaptar a nova rotina. Os colegas são invejosos do novato competente. 
Soa clichê, mas não é ruim não. Vale pela novidade. Nada muito empolgante.

Comentários

Postagens mais visitadas