11º Livro do ano

"Que falta você me faz", de Harlan Coben
Mais um de Harlan, escritor do qual sou fã, mas confesso que ultimamente tenho achado um pouco óbvio ou repetitivo seus enredos. A série de livros com Myron Bolitar e os deliciosos "Não conte a ninguém", "Cilada" e "Confie em mim" deram um mote que parece se repetir indefinidamente nas obras do escritor, então você começa a ler meio desanimada, esperando uma surpresa que nunca vem (opinião pessoal e intransferível, fique claro). Não quero desmotivar ninguém de ler nada, aliás quem sou... é apenas uma impressão que vem se confirmando ultimamente.
Bem, neste livro acompanhamos a história da detetive Kat Donovan, que luta com o fantasma de descobrir quem assassinou seu pai e tenta, após dezoito anos se refazer do pé na bunda que levou do noivo perfeito, Jeff, sem grandes explicações.
Em meio a tudo isso, ela é procurada por Brandon, um adolescente que acredita que sua mãe está desaparecida.
A trama é relativamente boa, mantém o ritmo com alguns clichês do autor como mulheres absurdamente perfeitas e lindas e as cenas de ação com reviravoltas espetaculares e impossíveis. Gosto quando ele insere o prédio do Win, amigo do Myron, no contexto da história. Me passa familiaridade, sei lá. Coisa de quem conhece faz tempo...rs
Nessas três tramas que vão se desenrolando, gostei do final de duas delas. A coisa da indefinição e a outra ... melhor não falar, senão é um spoiler de uma surpresa que muito me agradou.
Enfim, vale a pena ler durante uma viagem de ônibus, por exemplo. Nada muito diferente, mas uma Harlan.
De 0 a 10: 6

Comentários

Postagens mais visitadas