28º LIVRO DO ANO

OUTUBRO: TENHA MEDO!


"O EXORCISTA", William Peter Blatty


Provavelmente se você esteve na Terra nos últimos 30 anos já ouviu falar no filme clássico de terror "O exorcista". Talvez, o que ainda não tenha chegado até você seja esse livro da Editora Agir. E olhe, meu caro leitor(a), eu te digo: se não chegou, faça chegar! Porque é, simplesmente MARAVILHOSO! Foi minha melhor leitura de outubro e uma das melhores do ano... e, sem dúvida, um dos livros que vou levar para a vida!!!
Sério!
A história gira em torno de Regan, uma menina de 12 anos que é filha de uma atriz de Hollywood. Ela (Chris) não é exatamente uma mãe relapsa, mas tem um ritmo de vida que a faz passar longos períodos fora de casa. Regan demonstra muito amor e carinho por sua mãe. A menina costuma ficar com Sharon, a secretária de Chris MacNeil (nossa atriz em questão) e com o casal de empregados suíços, Karl e Willie. 
Regan encontra uma tábua Ouija no porão (é uma casa alugada devido a um trabalho, alguns móveis e utensílios já estavam lá) e passa a "brincar" com ela, fazendo contato com um tal Capitão Howard. Ela conta isso a sua mãe, que é uma ateia convicta e acha que a menina está apenas arrumando uma maneira de compensar a ausência do pai de mesmo nome (os pais estão recém divorciados).
Porém, a coisa vai evoluindo a ponto da garota não precisar mais da tábua para conseguir fazer contato com o tal capitão: ela passa a ouvi-lo... e então, seu comportamento tem uma mudança brusca: ela, tão meiga e carinhosa passa a ser malcriada, nervosa, gritar obscenidades aos quatro ventos... Fora que se queixa de móveis que andam no quarto e outros barulhos esquisitos.
A mãe, então abre mão de outros projetos profissionais e sai em busca de todo tipo de tratamento conhecido pela ciência: leva a garota à vários médicos e especialistas, mas o estado da menina só se agrava. Ela faz movimentos corporais aparentemente impossíveis a um ser humano, emite sons e cheiros horríveis... Ou seja, tem alguma coisa errada ali.
Depois de recorrer a tudo cientificamente possível e ficar de mãos abanando e vendo a filha piorar a cada dia, Chris acaba saindo em busca de um padre. E chega até Damien Karras, um padre psiquiatra que está em crise com sua fé após a morte da mãe.
Enfim, o que contei até aqui é apenas uma "pincelada" no enredo. O desenrolar desta história é que é encantador, hipnotizante até. O primeiro diálogo do Padre Karras com o demônio que está supostamente no corpo da garota é uma coisa fantástica! De uma inteligência, de uma perspicácia pouco vista na literatura de hoje (e que, infelizmente, dificilmente é alcançada pelas publicações). Eu fiquei encantada!
O desespero da mãe e outras tragédias que vão aparecendo no caminho até o exorcismo em si só ajudam a compor uma história completa, que consegue nos tocar enquanto leitores. 
Nos primeiros capítulos, a mudança de comportamento de Regan pode ser explicada como sintomas de várias doenças e síndromes, que é a isso que sua mãe se apega. Conforme os diagnósticos surgem e vão sendo derrubados, o quadro da menina só piora. Mas não é simples a conclusão de que seja um demônio: embarcamos com Karras na sua jornada de buscar uma explicação lógica, já que ele também não consegue ter fé como já foi um dia.
É um livro que te faz pensar, questionar não o que você acredita, mas a maneira como o faz. O fato de não haver muita explicação sobre o motivo de Regan ser vítima disso tudo nos leva a um questionamento pessoal. O que fazer quando não resta outra saída que não seja acreditar? E como acreditar quando não há mais fé?
Enfim, uma leitura incrível que não pode deixar de ser feita se você gosta do gênero terror e, principalmente, se gosta de boa literatura.

Excelente!

Vou deixar aqui o link para o trailer do filme, que já foi relançado em comemoração aos quarenta anos de estreia, tem a director's cut, tem reprise na TV em todo Halloween... Mas leia. Leia que será uma outra experiência conhecer a história completa por escrito. (O autor do livro foi responsável pelo roteiro de adaptação do filme)

Como curiosidade, um vídeo do Mateus do AssombradO.com.br com a mística que todo bom filme de terror tem que ter:


E a carinha da Regan.... Clássica!



Boa leitura!


Comentários

Postagens mais visitadas