46º LIVRO DO ANO

"HARRY POTTER E O PRISIONEIRO DE AZKABAN", J.K. ROWLING





 Sirius Black, na versão cenematográfica vivido por Gary Oldman. (amei a interpretação!)


Pois é, bobeou virou pro lado e eis que já foram três HP!

Cada vez que Potter volta para Hogwarts, uma surpresa o espera. Mas eu adoro quando ele volta, porque eu detesto aqueles tios dele! Enfim... vamos ao que interessa.
Coloquei, mais uma vez, todas as imagens e versões que encontrei da série, desde a mais conhecida até algumas edições especiais e a chamada "capa adulta". (Particularmente, estou apaixonada por essa coleção de capa adulta branca...Talvez eu compre ao final da minha leitura da série... #planos)

Harry, agora com 13 anos, ao voltar para sua escola de magia e bruxaria, descobre que um assassino tido como sanguinário e louco chamado Sirius Black fugiu da temida prisão de Azkaban e que, possivelmente, está atrás de Harry, pois é um discípulo de Voldemort, assassino de seus pais. Com isso, todos estão dispostos a protegê-lo. Mas, como sempre há um porém, acontecem mil coisas que acabam colocando a vida de Harry em jogo e vários segredos serão revelados ao final desse livro.

Dementadores, Animagos... aprendi um monte de palavras novas e também como enfrentar um bicho-papão. (sei lá, pode ser que seja útil, nunca se sabe...)

Duas coisas: a trama é envolvente, é difícil parar de ler. Um acontecimento vai levando a outro e a autora tem uma maneira muito peculiar de ligar fatos que ela narrou anteriormente a algo acontecendo agora. Ou seja, com uma trama muito bem amarrada, difícil o leitor ficar imune. Outra coisa interessante é que vamos descobrindo peculiaridades da vida de Harry com as reviravoltas de enredo muito bem colocadas por J.K. Rowling. Como eu já disse antes, Harry foi crescendo com seu público e com uma história muito bem escrita foi muito fácil essa molecada se apaixonar. Não os culpo... Não tenho esperanças de receber uma carta de Hogwarts, mas se eu fosse convidada para lecionar lá com certeza eu aceitaria no ato!

Não vou falar muito, apesar de imaginar que sou uma das últimas pessoas da Terra com mais de 30 anos que ainda não havia lido Harry Potter, mas não vou fazer o resumo do livro. Apenas dizer que gostei muito desse aqui, gostei do plot twist que a autora deu no ápice da narrativa (outra coisa muito legal nos livros é que J.K. consegue deixar a história toda interessante, não tem momentos chatos do livro - apenas o quadribol eu acho um pouco arrastado, mas entendo que eu estou lendo um livro infanto-juvenil e que muitas pessoas acharam isso o máximo). Mas, com certeza, foi uma das leituras mais surpreendentes deste ano, porque eu me achava imune a Harry Potter... rs

Boa Leitura!

Comentários

Postagens mais visitadas