17º LIVRO DO ANO

"O SORRISO DA HIENA", GUSTAVO ÁVILA

Eu estava muito ansiosa para ler este livro. Vi que muita gente no Booktube-BR estava lendo e recomendando, então fiquei ainda mais empolgada. Aí, aconteceu que estava na versão e-reader no Kindle, mas cismei que não, queria o livro físico (tenho dessas...) Não achei em nenhuma livraria, entrei em contato com o autor por este site e ainda tive que aguardar, porque estava esgotado...

Mas eis que

TA RANNN!!!!
ainda veio autografado... Que emoção!
Chegou!

O livro é um thriller psicológico muito bem amarrado, que vai nos contar a história de um assassinato brutal e suas consequências. Os pais de um menino de 8 anos são mortos com requintes de crueldade na sua frente, mas ele não sofre nada. O crime fica na obscuridade, como tantos outros que não envolvem pessoas ricas ou famosas, só que anos depois o detetive Artur se defronta com um crime idêntico, que inicia uma sequência, aparentando ser o ataque de serial killer.

Em contrapartida, William, um psicólogo que atende crianças que sofreram grandes traumas é a principal indicação para  atender a criança que presenciou tamanha bestialidade, já que seu trabalho é reconhecido pela qualidade dos resultados a longo prazo. 

William tem uma vida tranquila, com a rotina no consultório, a vida com sua noiva e amigos queridos. Artur também leva sua rotina investigando crimes, porém ele foi diagnosticado com síndrome de Asperger (mas parece lidar bem com isso, inclusive), portanto sua vida pessoal é um tanto mais restrita. Ele é muito amigo de uma investigadora que trabalha com ele há algum tempo... e sua sinceridade é outra característica marcante (só estou falando o que li, não tenho preparo para falar de Asperger, não sou especialista...). Mas seus caminhos se cruzarão de uma forma que eles nunca poderiam imaginar.

Parece simples: o investigador na delegacia, o psicólogo no consultório...mas não é bem assim que a coisa acontece...

"O sorriso da hiena" é uma narrativa estruturada de forma empolgante. Os acontecimentos te prendem, a vontade de saber o próximo passo faz você devorar o livro (ficava com vontade de saber o que ia acontecer, mas não queria que o livro acabasse...) O desfecho me deixou sem fôlego! O FINAL É INCRÍVEL!  O livro é muito, muito bom e não fica devendo em nada a autores internacionais que já estão no mercado editorial  nesse gênero há mais tempo, como o Harlan Coben ou John Verdon. Gustavo Ávila, na minha modesta opinião, fez uma excelente estreia. É escrita de qualidade que não entedia o leitor. Não é simplório, não compromete, tem ritmo ... enfim, vale a pena acompanhar cada linha.

Fica a dica de um livro nacional, contemporâneo e de muita qualidade.

Vale muito a pena!

Ah, essa leitura já entra também para o meu desafio do Calendário Literário do Vitor Martins, que é ler um livro nacional. 

Só amores do bem, hein?

Se chegou até aqui, muito obrigada, não repare a bagunça e volte sempre.

TCHAU!

Comentários

Postagens mais visitadas