Desafio de Leitura - #12MesesdePoe

Olá, povo dos livros!

Ano passado, a Anna Costa criou o "Projeto 12 meses de Poe", que consistia em ler um conto do autor por mês:

Para quem perdeu e tiver interesse, essa foi a lista ↑

Eu participei e achei maravilhoso, pois apesar de gostar muito de Poe, percebi que conhecia apenas uma parte muito pequena de sua obra - na verdade, apenas os contos mais populares. Ou seja, acrescentou muito para minhas leituras.

E, diante do sucesso, a Anna resolveu repetir a dose e eis aqui o desafio 2017:



E eis aqui a lista de 2017



Ela tem o canal no YouTube e a página no Facebook para quem quiser saber mais detalhes desse Desafio de Leitura. Eu costumo acompanhar pelo Instagram, que acho mais fácil... Esse ano, além do conto a Anna colocou também um poema mensal. E eu, uma pessoa que não sou muito de poesias, lerei poesias deste autor que tanto gosto! Pode ser que eu aprenda a apreciar mais esse gênero. Veremos... Outra coisa: a maioria dos contos são facilmente encontrados na internet, mas ela também disponibiliza um link (na página do Facebook) para baixar todos os contos/poemas escolhidos.

Pois bem, mais uma vez eu vou continuar no Desafio e, para janeiro, as escolhas foram:


  • "A queda da Casa de Usher": meu conto favorito do autor, sem dúvida! Brevemente, o conto trata da história de um rapaz que recebe uma carta de um amigo de infância que, mesmo depois de tanto tempo afastados, pede que ele o visite. Ele então se encaminha para a tal casa e, conforme ele vai se aproximando, vai reparando na construção: isolada, sombria, com rachaduras e fungos tomando conta da fachada... Ele tem apenas a lembrança da família do amigo:
"Sabia, contudo, que a sua família, muito antiga, se distinguia, através de muito tempo, por uma particular sensibilidade de temperamento, assinalando-se, em muitas gerações..."


A família de Roderick Usher era assolada por uma estranha doença degenerativa transmitida de geração para geração (alguma coisa genética). Segundo o que Roderick contou, o nome Usher se encerraria, pois só existiam ele e a irmã, Madeline, ambos já com o aparecimento de vários sintomas da tal doença - a irmã em estado bem mais adiantado

"Sofria muito de um aguçamento mórbido dos sentidos; o mais insípido alimento era-lhe insuportável; só podia usar roupas de certo tecido; o aroma de quaisquer flores lhe era opressivo; seus olhos eram torturados mesmo por uma réstia de luz; e havia apenas alguns sons peculiares, e estes de instrumentos de cordas, que não lhe causavam horror. "

O narrador passa então a ser companhia constante de Usher: lendo, pintando, conversando, passando o tempo com o amigo. A tal irmã foi vista uma vez apenas e nunca mais citada, mas impressionou por sua debilidade. 

E, como era esperado, a irmã morre. E a partir daí, as coisas começam a ficar muito, mas muito estranhas... 

A atmosfera de terror, de medo que vai tomando conta do ambiente atinge o leitor de maneira certeira, de um jeito muito peculiar - muito Poe. O autor descreve de maneira minuciosa cada detalhe do ambiente, do estado emocional dos personagens... Ele coloca o leitor na ação. Vale cada linha!


  • "O palácio assombrado" é a poesia do mês. Não é longa, é ritmada... E conta uma história de assombração, mas de mudança, de  transformação. Não sou especialista em linguística ou filosofia, mas o poema vai nos contando a beleza e a felicidade plenas de um reino que foram modificadas com um acontecimento triste... Que fica a seu cargo como leitor deduzir. E a partir daí, as coisas ficam soturnas, sombrias. Interessante é observar como o clima modifica-se claramente, como afeta o leitor a maneira como se desenvolve  essa história. Olha a primeira estrofe, enchendo seu coração de esperança...


"No mais verde dos nossos vales
Por bons anjos arrendado,
Uma vez um palácio justo e majestoso -
Palácio radiante - ergueu sua cabeça.
No domínio do rei Pensamento,
Ele ficava lá!
Nunca o serafim espalhou asas
Sobre edifício metade tão belo!"

Parece tão feliz, não é? Mas é Poe, meu amigo, prepare-se para uma rasteira daquelas!


É isso então. Fica a dica de um projeto de leitura super acessível para todo mundo e com literatura de qualidade!

BOA LEITURA!👻










Comentários

Postagens mais visitadas