18º LIVRO DO ANO

"BONECO DE NEVE", JO NESBØ

No meu Kindle...

...e no app no celular 😘


Jo Nesbø é um autor norueguês que também é cantor, compositor, jornalista... Um multitarefas que deve ter dificuldade em manter seu acelerado cérebro em descanso. Este livro é o sétimo de uma série com o detetive Harry Hole, um policial cheio de traumas que o acompanham desde a infância e que é competentíssimo - justamente por ter um cérebro que não descansa... Hole é quase obsessivo quando se trata de solucionar crimes e, obviamente, vão parar em sua mesa os crimes mais absurdos dos quais a Noruega já teve notícia. Hole é aquele policial que os "chefes" consideram um mal necessário: é alcoólatra, impulsivo, tem um certo problema em acatar ordens... Mas ninguém consegue superá-lo em matéria de enxergar as soluções que ninguém mais vê.

É o segundo livro de Nesbø que leio e, coincidentemente, novamente de Hole. "A estrela do Diabo", o quinto livro da série, eu li há bastante tempo, ainda numa onda de leituras baseadas em thrillers policiais e de terror que assolou minha vida. Fases... Lembro de ter gostado, mas de não ter me empolgado muito - já porque vinha lendo muita coisa do mesmo gênero. Este eu comecei meio que por acaso, minha leitura do Kindle ... e gostei muito! Quem gosta do gênero com certeza vai se empolgar com esse livro!

O autor faz algumas alternâncias entre o passado e o presente que só fizeram sentido para mim já no final do livro. Por isso não falarei muito a respeito para evitar o spoiler, caso você seja meio lento como eu...rs Não sou muito boa em matar as charadas e, além disso, a escrita de Nesbø coloca muitas dúvidas pelo caminho. Eu não acho muito óbvias as deduções de Harry Hole e, talvez por isso eu tenha gostado dessa história.


Há uma série de assassinatos que tem entre si apenas uma conexão visível: nos locais dos crimes sempre há um boneco de neve que surge misteriosamente. As vítimas são mulheres. 

Harry Hole assume o caso e desta vez conta com a ajuda da bela Katrine Bratt, uma novata na delegacia de Oslo, mas que traz consigo um currículo cheio de elogios e boas atuações da delegacia em que trabalhava numa cidade no interior da Noruega. Hole vai descobrindo as conexões entre crimes antigos com os mais atuais enquanto luta (sem muita convicção) contra seu vício em álcool e tenta lidar com sua separação de Rakel, a mulher de sua vida... que não suportou a vida que Hole queria levar, apesar de amá-lo tanto quanto. 

O autor tem uma maneira muito fluida de contar sua história, clara e direta ao ponto. É como um filme sendo desenhado em sua mente, situação a situação e com várias surpresas no decorrer dele. Acho que o mais interessante é ver o jogo virar quando você começa a se acomodar e acredita que entendeu o que estava acontecendo.

Por falar nisso, apesar do autor ter dito há um tempo que não gostaria de ver seus livros no cinema antes de encerrar a série do detetive Hole, parece que uma versão cinematográfica já estaria em andamento com Michael Fassbender no papel principal. Em 2011 dizia-se que Martin Scorsese seria o diretor, mas uma notícia de 2014 dá conta de que o diretor mudou e Scorsese estaria apenas na produção.  Como não sou fã de adaptações (aliás, elas quase sempre me decepcionam...) fica aqui a informação a título de curiosidade. Vá pela leitura primeiro, dica de amiga. 😉

Book trailer, caso interesse: https://www.youtube.com/watch?v=yusqMBxbPbc
                                             https://www.youtube.com/watch?v=zjXcb8KM6sE


BOA LEITURA! 📚


"O que distingue os melhores do resto é a capacidade de ler os outros."

"Somos todos loucos. Somos espíritos desassossegados que não encontram o caminho para casa."

"As boas histórias nunca são sobre o sucesso regular, mas sobre as perdas espetaculares."

Comentários

Postagens mais visitadas